comentar
publicado por Hercus Santos at 11:29 pm

Este artigo foi tirado do FORUM-HAKSESUK que publicou na QUARTA-FEIRA, 27 DE OUTUBRO DE 2010


Ocorre este ano o centésimo quinquagésimo aniversário da organização administrativa do território do então Colónia de Timor. De facto, foi o então Governador Afonso de Castro (1858-1863) que, em 1860, depois de ter visitado grande parte dos reinos, decidiu iniciar em Timor uma organização de administração pública que mantivesse a unidade política no seio dos reinos, e, acabasse com as rivalidades entre os diversos reinos. Afonso de Castro enviou ao Governo de Lisboa um pedido para a aprovação da Portaria nº 58, de Agosto de 1860 que criava os distritos e a nomeação dos comandantes.

 

Ao longo dos séculos XVII, XVIII e na primeira metade do século XIX, os Timorenses viviam em pequenos reinos governados por chefes e datos.

.

Em 1702, o Governador António Coelho Guerreiro para ganhar a confiança dos régulos e garantir a fidelidade à coroa portuguesa, distribuiu a patente militar aos régulos mais proeminente. Mas não havia uma estrutura que regulasse a existência jurídica dos reinos e a sua ligação ou dependência com as autoridades a portuguesas. Os governadores exerciam o poder de cobrar os impostos (ou fintas9, o que suscitava muitas revoltas e contínuos levantamentos.

 

No dia 2 de Agosto de 1860, Afonso de castro publicou a Portaria que estabelece a existência de dez distritos. Logo no primeiro artigo lê-se: “ Os domínios portugueses na Ilha de Timor serão divididos em dez distritos compostos conformes o mapa junto e que faz parte integrante desta Portaria.

 

Os dez distritos eram assim constituídos:

 

  • 1º Distrito – Cabeça do distrito, na Praça de Dili: Formado pelos reinos de Dili, Motael, Ulmera, Hera, Caimauc, Dailor, Failacor e Lacló.
  • 2º Distrito – Cabeça do distrito no Presídio de Manatuto: abrangia os reinos de Lacore (Laicor), Manatuto, Laclubar, Funar, Laleia e Caruhi (Cairui).
  • 3º- Distrito – com a sede em Vemasse. Era formado pelos reinos de Vemasse, Fatumartó e Venilale.
  • 4º Distrito, com a sede em Lautem. Reinos de Faturó, Sarau e Marufa.
  • 5º Distrito, com a sede em Viqueque. Reinos: Bibiluto, Viqueque, Luca, Lacluta e Dilor e Bibico-Barique.
  • 6º Distrito, com a sede em Alas. Reinos: Dotic, Alas, Maufahi, Raimean, Camanasa e Suai.
  • 7º Distrito, com a sede em Bibiçusso. Reinos de Samoro, Bibiçusso e Claco, Foulau, Faturó, Turiscaen.
  • 8º Distrito, com a sede em Cailaco. Reinos. Atsabe, Deribate, Leimean, Mauhubo, Cailaco.
  • 9º Distrito, com a sede em Maubara. Reinos: Boibau, Hermera, Maubara, Liquiçá.
  • 10.º Distrito, com a sede em Batuadé: Reinos: Cotubaba, Sanir, Balibó, Cova.

 

A 4 de Abril de 1863, foi publicada uma outra Portaria que incluía mais um distrito, o décimo primeiro.

 

Portanto, o 11º Distrito, com a sede em Oe-Cusse. Reinos de. Oe-Cusse e Ambeno.

 

Em 1883, Bento da França, secretário do Governo de Timor, organizou uma nova lista, denominando os distritos de Comando militares:

 

  • 1º Comando militar de Okusi. Reinos: Ambeno e Noemuti.
  • 2º Comando militar de Batugadé: Reinos: Balibó, Cova, Cutubaba, Sanir, Suay.
  • 3º Comando militar de Maubara. Reinos: Atisasabo (Atsabe), Boibau, Cailaco, Diribate, Hemera (Ermera), Hubulo, Leimiam, Liquiçá, Mahubu, Marobo.
  • 4º Comando militar de Dilly: Reinos: Caimau, Dailor, Failacor, hera, Lacló, Manumera, Montael.
  • 5º Comando militar de Manatuto: Reinos: Baucau, Cairuhy (Cairui), Laclubar, Laicore, Laleia, Funar, Manatuto.
  • 6º Comando militar de Vemasse. Reinos: Fatumartó, Faturó, Laga, Sarau, Veimasse, Venilale.
  • 7º Comando militar de Viqueque. Reinos: Barique, Bibico, Bibiluto, Luca, Lalcuta, Viqueque.
  • 8º Comando militar de Allas. Reinos: Alas, Bibiçusso, Dotic, Fohulau, Manufahi, Raimea, Tutuluro, Samoro, Turiscae.

Segundo Bento da França, a divisão administrativa foi alterada com o decreto de 1896.

Em 9108, fez-se uma nova divisão administrativa dos comandos militares.

 

Mais tarde, ao longo do século XX, esses comandos transformaram-se em Circunscrições Civis e em Concelhos.

 

Em 1976, os Concelhos da província de Timor passaram a denominar-se Kabupaten. E, depois da Independência, em 2002, voltou-se à antiga denominação de Distritos.

 

Porto, 27 de Outubro de 2010.

Dom Carlos Filipe Ximenes Belo

Exclusivo Forum Haksesuk


comentar
publicado por Hercus Santos at 12:46 pm

Estou a participar num workshop de iniciação à fotografia que está a promover por CESIUM - da Escola da Engenharia da Informática da Universidade do Minho que já começou no dia 16 de Novembro de 2010. O workshop está divido em três sessões. Então ainda falta mais duas sessões. Este workshop é mesmo iniciação. Mas é muito importante para quem tem paixão pela arte na fotografia. É a primeira etapa, digamos. Eu pessoalmente gosto muito dessa workshop. Pelo menus para mim esta primeira sessão valeu a pena. Eu deveria ter participado este workshop como este antes. Mas pronto não é tarde de começar. É importante começar depois logo se vê. Estou a gostar desse workshop porque ajuda-me a perceber um pouco mais sobre fotografia.

 

O workshop está a abordar os temas como abertura, exposição, sensibilidade, regras de composição, o funcionamento de uma máquina fotográfica e uma sessão prática. No fundo está a tratar coisas básicas mas são fundamentais. E ainda por cima o custo não é muito caro para nós como estudantes estrangeiros.

 

No mundo é importante a formação intelectual mas de vez em quando importante também fazer realizar o "hobby" que consideramos útil para o desenvolvimento e a realização pessoal de cada ser humano.

 

Vale a pena seguir este workshop.


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
November 2010
Sun
Mon
Tue
Wed
Thu
Fri
Sat

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
19
20

21
22
25
26

28
29
30


comentários recentes
Olá, fico muito feliz por fazer parte daqueles que...
Dr. Hercus,karik bele buka ha'u iha facebook Barba...
Sim Dra. Barbara Oliveira. Ha'u iha interese no in...
Boa noite Maun Hercus,Espera hotu di'ak. Artigu ka...
Muito bem, excelente artigo, muito bem escrito, ta...
Posts mais comentados
subscrever feeds
blogs SAPO